terça-feira, outubro 21, 2014

Mova-se!!!

Não tem nada a ver com vela e eu sei disso, não precisa
nos dizer, nós percebemos, percebemos também que no
meio náuticos temos muitos ciclistas, por isso é uma 
homenagem a todos eles...
Vejam até o final, pois tem uma manobra que eu 
fico em dúvida da autenticidade..rs
Esse vídeo também poderia ter o selo: Pense!!!
Mas pense mesmo, num cara louco!!


segunda-feira, outubro 20, 2014

Tudo ia bem quando....

Um dos fatores interessante de se praticar a vela Oceânica
são as regras, como funciona isso, quando você deve dar 
passagem e quando não, um mundo vasto de informações
que só aumenta o seu conhecimento e aprendizado.
Não dá para andar de automóvel sem respeitar as 
placas, indicações, regras e uma série de fatores
inventados pelo homem para evitar colisões, no mar
é igualzinho, não prestou atenção e....

VOR 2014 - Atualização

Esse fim de semana as posições dos barcos passaram por
algumas mudanças, o Team Dongfeng depois que perdeu
o leme teve o primeiro lugar recuperado pelo Team Abu
Dhabi e o que todos queriam aconteceu perto de Cabo
Verde, a flotilha se dividiu, de um lado Mapfre, Dongfeng e
Vestas e do outro Abu Dhabi, Brunel, Alvimédica e SCA,
infelizmente essa separação não trouxe nada de tão positivo
para nenhum dos lados, ou seja, só velejaram distante
entre eles durante 36 horas, agora todos  juntos de novo
rumo a Fernando de Noronha. Um detalhe está chamando a 
atenção o Team SCA, somente com mulheres é o último
colocado a 64 milhas atrás, o que será que está acontecendo,
será a fadiga, estratégia errada, por terem pego o barco
antes do que qualquer outra equipe, era de se esperar que elas
conseguissem um performance melhor ou igual, nós sabemos
que equipes só de mulheres são competitivas em regatas
curtas, mas serão nesse tipo de regata, aonde ainda a
força física é um diferencial?
O nosso o seu Abu Dhabi é o líder, como eu sempre
acreditei, mas é totalmente utópico falar em
favorito, a diferença para o 2º é de apenas
5 milhas, algo em torno de 15 minutos, muito pouco.
Vamos ficar atentos a descida dos barcos depois de FN e ali
teremos o provável vencedor.
Espero que gostem dessas poucas palavras e dos vídeos
que separamos para a matéria.





Cabo Verde

Mapfre

Alvimédica

sábado, outubro 18, 2014

VOR - Não está fácil pra ninguém

Como você acha que esses velejadores se alimentam durante
os 25 dias que ficarão on board, durante essa perna?
No Team Vestas a refeição que é mais servida e com 
o melhor tempero é o bom humor, sem ele, com certeza
a gororoba que chamam de comida, teria um sabor muito
pior, do que já tem!




Uma das coisas perigosas que você enfrenta 
quando veleja são as redes de pescadores, alguns
ainda sinalizam corretamente, ou até ficam em campana 
para ver se algum barco passa em cima delas, o problema
para os veleiros são suas quilhas, que mesmo escapando 
das redes tem os cabos que as conduzem, o Team SCA
passou por essa experiência nada agradável, mas 
eu acho que o perigo maior que elas passaram foi
estar tão perto de pescadores, naquele lugar e naquela
hora, imagina se os caras são mal intencionados,
7 mulheres sozinhas em um barco!rs
Acredito que elas pensaram nisso sim, mas
duronas do jeito que são, eles é que tinham que
ter medo...



O Team Brunel também teve que enfrentar os seus percalços,
pelo menos tinham um triatleta que não se importou em entrar
na água, naquele momento. O Capitão estava sentindo que
o barco não estava em suas totais condições e foi 
só dar uma olhada na quilha para perceber que alguma
coisa estava errada.


HPE - Perda de Mastro no Campeonato Brasileiro

Tudo ia muito bem, o vento ajudava, as manobras aconteciam,
tudo caminhava para mais uma regata aonde as coisas
se encaixavam, mas é só tudo estar bem, para que tudo dê
errado. Perder um mastro é uma das coisas mais chocantes
que pode acontecer em um veleiro, eu já passei por isso e
não gosto nem de lembrar, o silêncio é aterrorizante, nós
estávamos a 18 milhas da terra e não tinha barco de apoio,
mas aqui na Classe HPE, as regata não são tão fora da
costa e dá para perceber que tinha um barco de apoio bem
perto, mas duvido que alguém não tenha sentido isso, duvido!
O importante é que entre mortos e feridos, todos se salvaram.
Agora é ajudar a indústria do alumínio a aumentar as suas vendas,
do jeito que a coisa tá, com certeza teremos um índice melhor
na indústria combalida e sem ajuda do governo medíocre!


VOR - Team Dongfeng perde o leme e a liderança

Chineses do Dongfeng perdem liderança após quebra do leme

A noite deste sábado (18) não foi nada boa para os chineses do Dongfeng Race Team no Oceano Atlântico. O barco, que liderava a primeira etapa da Volvo Ocean Race, ficou quase uma hora parado após bater em um objeto não identificado, resultando na quebra do leme. O violento impacto assustou a tripulação, que foi obrigada a adotar soluções rápidas para voltar a navegar rumo a Cidade do Cabo.

O repórter a bordo Yann Riou relatou o procedimento após o pequeno acidente. "Tínhamos duas opções, colocar um leme provisório de emergência ou retirar o que restou do antigo leme e colocar um novo no lugar. Decidimos pela segunda opção. O Thomas Rouxel colocou a roupa de mergulho e pulou na água para fazer a substituição. Claro que estamos todos decepcionados. Não é justo, mas faz parte".

O Abu Dhabi Ocean Racing assumiu a liderança da primeira etapa após o contratempo do Dongfeng Race Team, que segue em segundo lugar. O problema ocorreu na costa africana.

Os chineses não foram os únicos que sofreram na madrugada. Team Brunel e Team SCA indicaram também pequenos problemas no curso, como rede de pescas na quilha, por exemplo. Os ventos fracos devem adiar em pelo menos dois dias a chegada a Cidade do Cabo, na África do Sul.



sexta-feira, outubro 17, 2014

Sexta Som - Carlos Santana

Para aqueles que acharam que eu tinha esquecido, esqueçam!
Eu voltei para mostrar algo muito legal do super instrumentista

Carlos Alberto Santana Barragán, mais conhecido como Santana ou Carlos Santana (Autlán de Navarro, 20 de julho de 1947), é um conhecido multi-instrumentista e compositor mexicano. Tornou-se famoso na década de 1960 com a banda Santana Blues Band, conhecida posteriormente apenas como Santana - mais precisamente com a sua atuação no Festival de Woodstock em 1969, onde ganhou projeção mundial.
Biografia

O pai de Carlos Santana era um violinista de mariachi, e o jovem Carlos inicialmente aprendeu o violino, porém mudou para a guitarra quando tinha 8 anos de idade. Depois que a família mudou-se para Tijuana, Santana começou a tocar em casas noturnas e bares. Ficou em Tijuana quando sua família decidiu mudar para São Francisco, nos Estados Unidos, porém logo se juntou a eles. Em 1966, ajudou a formar a Santana Blues Band, nome posteriormente encurtado para Santana. A banda começou a tocar no Fillmore West Auditorium, onde muitas das grandes bandas de São Francisco começaram. A primeira gravação de Santana foi The Live Adventures of Mike Bloomfield and Al Kooper, com Al Kooper e Mike Bloomfield.

Depois de assinar com a Columbia Records, Santana lançou um álbum auto-intitulado Santana. O grupo consistia, na época em: Carlos Santana (guitarra), Gregg Rolie (teclado e vocais), David Brown (baixo), Belen Garay (bateria), Jose Areas e Michael Carabello (percussão). Na turnê que fizeram para divulgar o álbum (que incluía os sucessos "Jingo" e "Evil Ways"), a banda tocou no Festival de Woodstock. A apresentação aumentou enormemente a popularidade do Santana. Santana se tornou um grande sucesso, tal como o álbum Abraxas, de 1970 (destacando a música "Oye Como Va") e Santana III, de 1971. Em seguida, a formação original do Santana se desfez. Gregg Rolie se tornou um dos fundadores da banda Journey.

Carlos Santana manteve o nome e utilizou diversos músicos diferentes para continuar a turnê pelo país, lançando vários álbuns. Durante este período, Carlos adotou o nome "Devadip", dado a ele pelo líder espiritual Sri Chinmoy. Vários álbuns foram lançados nas décadas de 1970 e 1980, incluindo colaborações com Willie Nelson, Herbie Hancock, Jones, Wayne Shorter, Ron Carter e The Fabulous Thunderbirds. Em 1991, Santana apareceu como convidado no álbum "Solo Para Ti", de Ottmar Liebert, nas músicas Reaching Out 2 U e numa versão de sua música Samba Pa Ti. Carlos Santana foi incluído no Hall da Fama do Rock em 1998.

Carlos Santana lançou em 1999 o álbum Supernatural, que teve as participações de Rob Thomas, Eric Clapton e Lauryn Hill, ganhando prêmios Grammy em nove categorias, no ano seguinte, igualando um record histórico que somente Michael Jackson detinha.

Santana costuma usar guitarras PRS de modelo próprio (Signature). Foi aclamado pela revista Rolling Stone como o 20º melhor guitarrista de todos os tempos.

Além de ser considerado como um dos maiores guitarristas de todos os tempos, desde o álbum Supernatural que as suas parcerias são aclamadas no mundo artístico, sendo que os seus álbuns mais recentes são os melhores exemplos.


No vídeo abaixo a sensacional performance do Gênio com Deus, Eric Clapton! 



Volvo Ocean Race - Atualização

Antes de eu falar qualquer coisa, deixo aqui o meu repúdio 
quanto a esse novo site da VOR, HORRÍVEL, ele se preocupa
com a interação de todos e não nos informa de nada.
Antes você encontrava facilmente as notícias dos
barcos, agora você tem que procurar, procurar e nada!
E os vídeos que o pessoal da VOR fazia, eram incríveis,
eles juntavam todas as melhores imagens que recebiam
das equipes e criavam ótimos vídeos, agora, nada.
Falando sobre a regata, as posições sofreram poucas
alterações e uma coisa que alguns previam aconteceu
o Team SCA só de mulheres, está em último lugar a 
33 milhas dos outros barcos, isso depois de apenas 5
dias, espero que elas se recuperem, mas isso pode ser
o desgaste, que em mulheres é muito maior do que nos
homens. O Team Dongfeng está liderando com um
batalhão atrás deles a apenas 2 milhas, está tudo 
embolado. Todos as embarcações estão fazendo
a mesma tática, descendo, lambendo o continente
Africano, na edição passado os barcos optaram
por sair um pouco mais, mas é claro que o vento
era outro e os barcos diferentes entre si, parece
que por serem One Design, ou seja, todos praticamente
iguais, eles não querem arriscar e sim ficar perto um
dos outros para que só na hora H arriscar, perto da
Cidade do Cabo, é isso que parece.
Eles receberam a visita de uma fragata Espanhola
que trouxe alegria e um pouco de medo, pois o bote
poderia ser de alguns piratas, muito comum naquela
região aonde eles estão passando.
Vejam os vídeos e a posição dos barcos e 
por enquanto é isso.


O Líder mostra o cansaço de todos e como estão as 
coisas com os chineses, mas eles poderiam pelo menos
falar em Inglês!!!



Vida a bordo do Team Alvimédica e também mostra o 
quanto os barcos estão próximos.



O Susto no Team SCA...


quinta-feira, outubro 16, 2014

Foto da Quinta - Super Maxi Comanche com Mastro

Hoje não teremos apenas uma foto da Quinta 
como sempre é feito e sim
um vídeos com dezenas de fotos do Maxi 
Comanche recém lançado e 
que teve o mastro colocado a alguns
 dias atrás. Loucura!!!
Não existe vídeo ainda dele velejando por uma
proibição dos engenheiros e do proprietário.
Do quem tem pra hoje, tá tudo aí!!


Bhavik - O Homem e a sua luta!

O interessante desse vídeo não é as peripécias contidas
nele, você não verá nada de tão diferente do que já viu em
vídeos de aventura e de tentativas de quebra de recorde,
com certeza também o forte dele não seria suas qualidades
de imagem ou edição, nem mesmo o som está em alta definição.
Nem de vela propriamente dito ele é,
talvez você se pergunte, então o que estará fazendo aqui
tal heresia em um santuário da vela mundial...(vixe!!!) (toma!!)
Talvez nossos editores tão bem remunerados e ávidos por
trazer algo novo, tenham encontrado-o em uma aba de
matérias antigas e lembrado o porquê dele estar ali.
Ele é somente a forma de mostrar até aonde a coragem
de um homem pode chegar, até aonde os limites não tem
mais limites e mesmo assim os sobrepomos, lembrar para
aqueles que dizem, desista, que é mais fácil eles desistirem
de nos dizer desista, do que desistamos nós, enfim a Vida!


Across from bhavik sailing on Vimeo.

Soluçoes inteligentes, para problemas antigos

Cair no mar nunca é agradável, se for em um passeio
com amigos com pouco vento é muito fácil de ser 
resgatado, em uma regata barla-sota, com vários
barcos de dia, também fica fácil, pois todo mundo está
sempre alerta e pode ajudar, mas em uma regata de 
percurso a noite, aí é um deus nos acuda, nunca caí de
uma embarcação e sempre faço o que o mestre Tabarly
falava: uma mão para o barco e outra pra você, tudo bem
que ele morreu justamente quando caiu de um barco em
uma manobra mal feita, mas enfim. Essa invenção da 
Tribord é ótima, eu me informei e a partir de Janeiro de
2015 o item estará a disposição dos felizes compradores
Brasileiros, o preço lá fora 50 Euros, aqui....hum....
O vídeo é meio tosco, mas é legal!!!rs
Lembrem-se que o vídeo foi feito na França, por isso
os velejadores parecem modelos e você não vê pão com
presunto e queijo e nem baldes de cerveja!!



Veleiro Argentino Desaparecido - O Sonho Acabou...

Marinha confirma que balsa salva-vidas encontrada era do veleiro argentino desaparecido

Material foi recuperado por um barco pesqueiro no domingo, a cerca de 320 km da costa de Tramandaí. Fragata com helicóptero e aeronave da FAB farão buscas por outros indícios na área

Atualizada em 15/10/2014 | 23h3115/10/2014 | 21h06
Marinha confirma que balsa salva-vidas encontrada era do veleiro argentino desaparecido Reprodução/Marinha do Brasil
O veleiro Tunante II partiu de Buenos Aires e rumava para o Rio Foto: Reprodução / Marinha do Brasil
Dois dias depois de encerrar as buscas pelo veleiro argentino Tunante II, desaparecido desde 26 de agosto na costa brasileira, a Marinha confirmou que uma balsa salva-vidas, encontrada no último domingo, pertencia à embarcação. A partir da descoberta, a fragata Greenhalgh, um navio de serviço da esquadra com um Helicóptero UH-13 embarcado, foi enviada ao local onde o material foi localizado — a cerca de 320 quilômetros da costa de Tramandaí — para procurar outros indícios do barco sumido há 50 dias.

A balsa salva-vidas foi resgatada pelo barco pesqueiro Kopesca I, submersa, próxima à superfície, em estado bastante degradado, com rasgos em sua estrutura e sem sobreviventes ou corpos. Em seu interior, foram encontrados cédulas de pesos uruguaios, objetos pessoais e documentos de identificação de um dos tripulantes do veleiro. A Marinha não informa de qual dos quatro homens na embarcação era a carteira de identidade achada. Todo o material foi entregue ao rebocador de alto-mar Tritão e está sendo levado a Rio Grande para ser periciado.

"Ninguém perdeu as esperanças", diz filha de tripulante

Lembre o caso: Veleiro argentino desaparecido há 40 dias pode estar na costa catarinense

A fragata Greenhalgh partiu do Rio de Janeiro e deve chegar à área onde a balsa foi localizada em dois dias. Uma aeronave P-95 da Força Aérea Brasileira (FAB) também faz buscas no local mas, até as 20h de hoje não havia encontrado novos indícios do Tunante II.

Em nota, a Marinha do Brasil informou que "diante dos fatos concretos apresentados e da extensa área já investigada, sem sucesso, julga alta a probabilidade de a embarcação ter naufragado e baixa a de encontrar sobreviventes".

Na segunda-feira, as buscas pelo veleiro haviam sido encerradas. O Comando do 5° Distrito Naval procurou a embarcação em uma área de cerca de 16 mil km² próxima ao litoral de Florianópolis durante quatro dias. Foram feitas buscas visuais e com radar, envolvendo mais de 230 militares, um rebocador, três aeronaves da Força Aérea Brasileira (P-3AM, P-95 e C-105) e uma da Força Aérea Argentina ( C-130). Segundo a Marinha, foram mais de 36 horas de vôo e 850 milhas navegadas, sem que qualquer indício da embarcação fosse encontrado.


Imagens de satélite foram comparadas com o desenho original da embarcação
(FOTO: Divulgação)


A retomada pela procura ao veleiro havia sido motivada por uma imagem de satélite de embarcação semelhante ao Tunante II, registrada no dia 28 de setembro. O Comando do Controle Naval do Tráfego Marítimo (COMCONTRAM), organização militar da MB que acompanha a navegação de navios mercantes, rebocadores e barcos de pesca, realizou estudo retroativo ao período de 16 a 28 de setembro, para verificar quais os navios ou embarcações navegaram na área. O estudo identificou oito navios mercantes cujas rotas passaram próximas ao local, e nenhum informou qualquer avistamento.

quarta-feira, outubro 15, 2014

Volvo Ocean Race - Não importa mais...

Já são 4 dias e um par de horas que a regata está
rolando e temos apenas 15 milhas de diferença entre
o primeiro e o último, ainda considero prematuro falar
sobre o motivo de Abu Dhabi estar em primeiro e 
do Team Vestas estar por último, eles estão tão perto
um dos outros que qualquer, eu digo, qualquer vacilada
coloca tudo a perder. Os 4 dias de regata foram marcados
por pouco vento na saída do estreito de Gibraltar e 
rajadas de 20 a 25 na descida pelo começo do
continente africano, mais precisamente Marrocos,
pelo que acompanho das regatas com largada na
Europa e descida pelo Atlântico, após deixarem as
Ilhas Canárias por Boreste eles começam a abrir rumo
ao Gate 1 que é a lindíssima Fernando de Noronha.
No ano passado, justamente na passagem pelas
Canárias a frota se dividiu, ali o gênio de Cammas foi
colocado a prova, pois ele não arribou, ele continuou
descendo o continente africano e não deu muito certo, 
vamos ver como vai ser agora, pois é necessário que
alguém tire não um coelho da cartola, mas sim um urso, para
fazer diferença frente a paridade desses barcos.
Abaixo a posição dos barcos e os vídeos que consideramos 
interessantes, do líder Abu, e do Team Dongfeng, que mostra
bem como os barcos estão próximos.


Entendam que esse material é Cru, são imagens que o site da

VOR disponibiliza para a Mídia, então você não vai ver muita
firula e sim imagens do dia a dia em uma regata como essa.
DEMAIS!!!!!!




Paridade e chino perplexidade!



Vídeo da VOR com as firulas todas, mas legal!

terça-feira, outubro 14, 2014

Mais um para Séria Série - Ah! Russos...

Bom dia, Boa Tarde e Boa Noite, conforme a hora que você
caro amigo e cara amiga esteja lendo esse adendo sobre
como alugar e dar algumas belas voltas de veleiro na Rússia,
sim amigo, a Rússia, porquê não?
Tire a sua Perestroika do armário e a leve para
as linda águas do Mar negro, não fique com medo
elas só causam mal para os Russos e convenhamos
se você está lendo essas palavras, você não é russo, então
e "táca le pau".  No vídeo abaixo, talvez você não 
entenda algumas palavras,
E se você for e eu não puder ir, leve a minha sogra!!!
Valeu!
 

Super Barcos - Louise a obra prima em 72 pés

Quando os projetistas da Claasen Shipyards ouviram
a encomenda, acharam que talvez não conseguissem
atender o sonho do comprador, um barco leve, grande,
confortável e regateiro, eles levaram quase 12 meses
para terminar o projeto final e 2 anos e meio de construção, 
claro que o felizardo proprietário ficou muito contente
com a criação, se nome dele é um segredo, sua máquina 
 pelo menos podemos mostra-la em detalhes.
Custo total do barco 12 milhões de Euros, mas como dizem
a felicidade não tem preço e o dinheiro não compra a 
felicidade, tirem as suas conclusões.
Maravilhoso!!!
O nome do "minino" é Louise...

Saildrone - A Ciência Revolucionando Oceano

A empresa Saildrone é a primeira no mundo em
perceber o que os antigos sabiam a muito tempo,
tudo é pelo mar, eles criaram um Drone "marítimo", 
um pequeno barco que tem autonomia ilimitada, 
movido a vela e energia solar para os eletrônicos,
esse barco passou por um teste de fogo (boa?) 
na baía tumultuada de São Francisco, foram
103 milhas em 50 horas, uma performance baixa
para um grande veleiro, mas para um barquinho
que pretende auxiliar os pesquisadores climáticos
a um custo baixo, excelente.
Veja, bem interessante!

Espero que gostem...de verdade.rs

Saildrone - Autonomous circumnavigation of Farallon islands from Richard Jenkins on Vimeo.

segunda-feira, outubro 13, 2014

Volvo Ocean Race - Atualizações

Começou a maior aventura do homem na terra a Volvo
Ocean Race 2014-15, sem dúvida nenhuma essa 
regata será marcada por muitas e muitas histórias,
a largada foi tranquila, com ventos de 9 a 12 nó,
 o domínio foi do Team Brunel, que liderou de 
ponta a ponta a regata, na madrugada de domingo para
segunda o Team Vestas assumiu a ponta e agora,
continua em primeiro, o Team SCA, que conta na 
sua tripulação apenas com mulheres, fez uma tática
diferente dos outros times e está mais ao norte
da flotilha, uma vantagem que ainda não trouxe
todos os benefícios que ela poderá trazer na
transição do vento a partir da meia noite de hoje.
Essa VOR se propõe a suprir toda a demanda
de informações que os seus fãs procuram, com aplicativos,
suplementos em redes sociais, vídeos aos montes e
um site interativo, conhecendo tudo isso a muito tempo
eu percebo que o aplicativo ficou bom, as redes sociais
estão atendendo, mas o site ficou uma merda, confuso,
travado, sem abas de notícias, para quem quer informação
rápida, tem que ser muito conhecedor dos meandros cibernéticos
para conseguir algo. Outra coisa que eu ia esquecendo é o fato
de que os novos barcos, iguais em 99% dos itens, funcionou, duvido
que os barcos vão conseguir abrir muito um do outro, todos estão a 
menos de 9 milhas do líder, isso é fantástico, com certeza quando
tivermos muito vento a coisa vai esquentar, mas por enquanto a
paridade é demais...



Como eu citei anteriormente temos muito material disponível e
sendo a nossa primeira postagem, depois da largada, vamos
exagerar e colocar 3 vídeos, mas depois vamos tentar colocar
somente o the best one!

SCA
 
 
Vestas


Alvimédica

sexta-feira, outubro 10, 2014

Volvo Ocean Race - Start the engines Today!!

Volvo Ocean Race: Volta ao Mundo começa com Brasil no radar



Clique aqui e acompanhe tudo o que ocorre na regata


Baixe o aplicativo da Volvo Ocean Race


Faça como um velejador! Simule a Volta ao Mundo 


Será dada a largada para a 12ª edição da Volvo Ocean Race. Neste sábado (11), sete equipes partem de Alicante, na Espanha, para uma aventura de tirar o fôlego. Serão 71.745 quilômetros pelos mais temidos mares, nove meses de disputa, zero conforto a bordo, várias nações envolvidas e o Brasil como país estratégico. O principal evento de Volta ao Mundo terá uma etapa brasileira em abril de 2015, na cidade catarinense de Itajaí. Para aumentar ainda mais a importância dessa parada, o atleta olímpico André 'Bochecha' Fonseca está escalado para velejar no MAPFRE. Bochecha é de Florianópolis. "A Volvo Ocean Race é uma regata especial. Só os melhores e mais bem preparados conseguem vencer. Estou bastante concentrado para esse desafio", contou André 'Bochecha' Fonseca. 
O País também tem uma brasileira de coração na regata: Carolijn Brouwer do Team SCA, um time só de mulheres. A holandesa morou quase 10 anos no estado do Rio de Janeiro, aprendendo a modalidade na Baía de Guanabara. "Foi em Niterói que comecei a velejar. Tinha a família Grael como referência. O Brasil tem ótimos atletas que estão até hoje fazendo a modalidade crescer. Será especial pra mim chegar com o time feminino em Itajaí", disse Carolijn Brouwer em perfeito português. Será a segunda Volvo Ocean Race da atleta.
Outro brasileiro na Volvo Ocean Race é Joca Signorini. O atleta, dessa vez, foi escalado para ser o treinador do time feminino do Team SCA. Ele disputou as últimas três edições, sendo campeão, ao lado de Torben Grael, em 2008-09. "A recepção que vamos ter no Brasil será especial. Peço aos fãs da vela que dividam a torcida entre o Bochecha no MAPFRE e o Team SCA". 
Além da parada brasileira, a Volvo Ocean Race terá outras etapas. A primeira está ocorrendo em Alicante, na Espanha. A sequência de países visitados será a seguinte: África do Sul, Emirados Árabes Unidos, China, Nova Zelândia, Brasil, Estados Unidos, Portugal, França, Holanda e Suécia.
A primeira etapa
Antes de chegar a Itajaí, os barcos terão a primeira etapa, que parte de Alicante, na Espanha, com destino a Cidade do Cabo, na África do Sul. Serão aproximadamente 12 mil quilômetros pelo Mediterrâneo e o Atlântico. Numa conta simples, o trajeto representará 17% de toda a competição. Os times serão obrigados a passar por Fernando de Noronha antes de cruzar a linha de chegada na cidade africana. A previsão é de, pelo menos, 23 dias de travessia. "A primeira etapa é sempre uma das mais difíceis. Vamos pegar menos vento, segundo a previsão, e estaremos ainda aprendendo a entender o funcionamento do barco", comentou o campeão olímpico Iker Martínez, comandante do espanhol MAPFRE.
O desgaste pelas mais de 550 horas de velejada gera uma perda média diária de 6.000 calorias por atleta. E não há nada de luxo a bordo, pois o peso da embarcação faz a diferença na navegação. Cada velejador leva apenas uma bolsa com pouca roupa, produtos de higiene pessoal e mais nada. Contato com o mundo exterior será quase raro. "Nós treinamos seis meses para esse desafio e a hora chegou", contou Ian Walker, comandante do Abu Dhabi.
Os barcos desta edição são rigorosamente iguais, ou seja, quem velejar melhor vence! Não há vantagem para nenhum time. Os veleiros foram construídos pela própria Volvo Ocean Race em parceria com quatro estaleiros. São modelos de 65 pés com toda tecnologia de comunicação via satélite para ninguém perder nada.


A largada da regata será às 9h (Horário de Brasília) e poderá ser acompanhada pelo site www.volvooceanrace.com


O que eles disseram os comandantes:


Sam Davies - Team SCA
"Me perguntaram sobre a diferença entre o barco feminino e o masculino, A única coisa que consigo apontar é o sutiã esportivo".

Ian Walker - Abu Dhabi Ocean Racing
"Minhas duas medalhas olímpicas são especiais, mas a Volvo Ocean Race faz parte da minha vida nos últimos ano. Vencer a regata significará muito".

Bouwe Bekking - Team Brunel
"Para o holandês, a Volvo Ocean Race é um fenômeno. Na última edição não tivemos representação. Agora temos um barco".

Charles Caudrelier - Dongfeng Racing Team
"Os chineses estão sentindo a pressão da estreia, mas são fortes ... Eu levo comigo um card do Pokemon. Meu filho me deu para dar sorte".

Charlie Enright - Team Alvimedica
"Vencer a In-port - regata local - de estreia nos encheu de moral, mas nada disso pode ser usado na perna até a Cidade do Cabo. Nós mudamos o foco para a África do Sul".

Iker Martínez - MAPFRE
"Estou mais relaxado do que nunca. Eu não sei explicar o motivo. Agora nós teremos 25 dias para descansar a bordo".

Chris Nicholson - Team Vestas Wind
"A primeira perna será tática. Serão quilômetros e quilômetros de oportunidades para navegar. Nosso objetivo é pegar pódio".
 Para acompanhar essa matéria uma Obra Prima do pessoal
da Waterlust sobre a Volvo Ocean Race.


quinta-feira, outubro 09, 2014

Foto da Quinta - Brasil 1 Eterno

Agora que estamos prestes a votar no 2º turno, eu 
fico pensando em algumas coisas que ouço por
aí, leio e até acabo vendo, dizem que o 
país está melhor, que temos menos desigualdade
e essas coisas todas que são movimentadas por
índices e outras coisas manipuláveis. Independente
de quem ganhar essa eleição eu acho que as
coisas não estão melhores e nem falo isso pensando em
quanto se tem no banco ou o carro que se está andando,
eu falo que não está bem, pois vejo a vela nacional
morrer a cada dia e quando olho uma foto dessas
de 2005 e lembro que tivemos um barco na VOR, fico
mais em dúvida ainda, cadê esse crescimento?
Se até o Eike está mal, imagina as minhas contas??rs
Brasil 1, em Ilhabela, aonde o sonho começou e eu
me tornei um apaixonado pela VOR.

 Ampliem para ver o homem no mastro

Norway - Deixa a Sabesp saber...

A Noruega, oficialmente Reino da Noruega, é um país nórdico da
 Europa setentrional que ocupa a parte ocidental da Península 
Escandinava, a ilha de Jan Mayen e o arquipélago ártico 
de Svalbard, através do Tratado de Svalbard. Wikipédia
 
Capital: Oslo
Moeda: Coroa norueguesa
Continente: Europa
População: 5,084 milhões (2013) Banco Mundial
Línguas oficiais: Língua norueguesa, Novo norueguês, Bokmål
Governo: República unitária, Monarquia constitucional, Parlamentarismo

 Além disso, a sua origem vem dos Vikings, velejadores e ótimos
 guerreiros, daí vem o gancho para estar no Vento e som! 
Foram 5 anos de imagens em 4K para
que o vídeo criado, assista em HD e aumente o som para 
se surpreender!
Espero que gostem e
 compartilhem.